sexta-feira, 22 de abril de 2016

O livro Peppa, de Silvana Rando


O livro Peppa, de Silvana Rando, não é uma boa referência para nossas crianças. Veja a resenha detalhada com Ana Paula Xongani. Ela nos diz que o livro estimula o racismo e sorrateiramente detona com a auto-estima de nossas crianças negras e de pele clara com cabelos crespos. 


video

5 comentários:

  1. NADA A VEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER!!!! O livro é uma graça! No final dele ela aprende que é muito mais feliz com seu cabelo natural!!! Ai que bobeira, arrumam rolo com tudo!!!

    ResponderExcluir
  2. Sou professora de turmas de 1º ano do Ensino Fundamental. Utilizo este livro há uns 3 anos. Inclusive, já o fiz até mesmo para introduzir a Semana da Consciência Negra.Tenho alunas negras que alisavam os cabelos e até deixaram de fazê-lo, justamente por perceberem que é muito mais legal aceitar suas características. Somos diferentes e isso é bom. Esta foi uma das lições e conclusões a que chegamos. Vivenciei rodas de conversas produtivas e especiais com meus alunos.
    Vimos que ela era muito mais feliz do seu jeito natural. Uma aluna até comentou: "É bobeira querer ser igual aos outros!"
    Quanto aos instrumentos utilizados para cortar os cabelos de Peppa, ou mesmo o uso de seus cabelos fortes para outros fins, entendemos que eram apenas representações lúdicas.
    Respeito a opinião do blog e da autora do video, entretanto, socializo experiências produtivas comungando de opiniões diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela participação, Chris! Fique bem à vontade em expor tua opinião! Valeu!!!

      Excluir
  3. amei trabalhar com esse livro em minha turma a escolha de ter ou não ter cabelos lisos vai da pessoa quem tem liso quer encrespar, quem tem crespo quer alisar o importante é se sentir bonita de bem com a vida e consigo ser feliz respeitando sempre o nosso semelhante

    ResponderExcluir